Superfície Frontal Fria - 23/24 de outubro de 2011

Passagem de uma superfície frontal fria de forte atividade pelo território de Portugal continental caracterizada pela ocorrência de precipitação intensa e de rajadas de vento muito fortes.
:

Uma superfície frontal fria de forte atividade associada a uma depressão cavada, com um núcleo de cerca 984 hPa, centrado às 12 UTC na Bretanha , atravessou, de oeste para leste, o território do Continente e a Madeira, durante a noite do 23 para 24. Durante o resto do dia 24, o Continente ficou sob a influência de uma corrente moderada de noroeste e ar pós-frontal. A atividade convectiva intensa que se verificou em algumas regiões do país, em particular na zona de Faro, deu origem a rajadas de vento muito fortes, com consequências significativas em estruturas e edifícios. Para além de episódios de vento forte ocorreu ainda precipitação intensa tendo-se registado, por ex, 157 mm em 24 horas (entre 230900UTC e 240900UTC) na estação Lamas de Mouro (Minho).

RGBMassaAR_300hPa_mslp_23oct2011_18UTC

Figura 1: Imagem de Satélite às 18UTC do dia 23out2011 (RGB Massa de Ar – Meteosat9 – EUMETSAT). Campos de prognóstico do geopotencial ao nível 300hPa (verde - damg) e da pressão ao nível médio do mar (preto - hPa) do CEPTMP para as 18UTC do dia 23 de outubro, com base em 23out2011 às 00UTC. (SATREPONLINE)

Os episódios de vento muito forte estiveram essencialmente associados à passagem da superfície frontal fria e ocorreram de uma forma generalizada por todo o território do Continente, sendo o do Algarve (região de Faro) aquele que teve consequências mais expressivas. Este fenómeno foi classificado como um downburst após análise preliminar das imagens radar, das observações meteorológicas e dos testemunhos dos estragos provocados. Na região de Lisboa ocorreram rajadas de vento muito forte (reportadas na página do Meteoglobal), no entanto, neste caso, a assinatura nas imagens radar (radar de Coruche/CL) não corresponde à assinatura de um downburst mas sim de vento forte horizontal associado a uma corrente de jato a baixa altitude.

Relatório Preliminar sobre o episódio de vento forte em Faro.

Entrar


Esqueceu a sua senha?
Novo utilizador?