Tempestade de Granizo e Saraiva em Lisboa 29 de Abril de 2011

:

 

No dia 29 de Abril,  o estado do tempo em Portugal continental foi influenciado por uma região depressionária no seio de uma massa de ar tropical marítimo, que se estendeu do norte de África até à região atlântica a sudoeste da Irlanda (Figura 1). Ocorreram aguaceiros, por vezes fortes e de granizo, acompanhados de trovoada, sobretudo nas regiões centro e sul. Em particular, na zona da grande Lisboa, ocorreu, no início da tarde, queda violenta de granizo e saraiva, tendo-se registado camadas de gelo acumulado no solo com altura de vários centímetros nas zonas de Benfica e Damaia.

Na figura 2 a)  identificam- se  a laranja as regiões com taxa de precipitação convectiva superior a 12mm/h, localizadas àquela hora, nas zonas de Coimbra, Lisboa e Sines.

Na figura 2 b) assinalam-se as células E e F, integradas num sistema de multicelular  de mesoscala, que afectaram a nossa região, em particular a célula F esteve associada à queda de granizo e saraiva que afectou a zona de Benfica e bairro adjacentes.

Esta situação foi acompanhada de descida brusca da temperatura superior a 10 ºC em alguns locais.

Análise do Campo da Pressão

 

Figura 1 - Campo de diagnóstico da pressão ao nível médio do mar e da componente horizontal do vento a 10 metros do CEPTMP do dia 29 de Abril 2011 às 12UTC.

Imagem Satélite Taxa precipitação convectiva_ 20110429

Imagem de PPI sobre o campo da reflectividade (2011Abril29, às 15:37, hora local) a 5800 m de altitude. Assinalam-se as células E e F, integradas num sistema de multicelular  de mesoscala, que afectaram a nossa região, em particular a célula F  esteve associada à queda de granizo e saraiva que afectou a zona de Benfica e bairro adjacentes.
Figura 2 a) SAFNWC Taxa de Precipitação Convectiva (CRR)_ 20110429 às 1415 UTC

 

b) Imagem Radar de PPI sobre o campo da reflectividade a 5800m de altitude_ 201104l29 às 14:37 UTC
Entrar


Esqueceu a sua senha?
Novo utilizador?