Granizo e Trovoada - 21 de Março de 2016

:

 

 

O estado do tempo em Portugal continental no dia 21 de março de 2016 foi condicionado por uma região depressionária, com um dos núcleos centrado a sudoeste da península Ibérica (em deslocamento para leste com pequena variação) e por um anticiclone localizado a sudoeste do arquipélago dos Açores (quase estacionário de pequena variação) e que se estendia em crista em direção às ilhas Britânicas, e ainda pela passagem de superfícies frontais frias com ondulações nos Açores, com atividade fraca a moderada.

Na figura 1, apresenta-se a análise de superficie para o referido dia, onde se representam as linhas de igual pressão atmosférica referente ao nível médio do mar (isóbaras), a localização das superficies frontais (quentes, frias e oclusas) e os centros de acção (depressões ou anticiclones), e relativo a estes ainda as suas posições previstas nas próximas 24 horas.

SC31.jpg

Fig.1 – Análise sinótica subjetiva para o dia 21 de março de 2016 às 12 UTC.

Fonte: OPC NHC WPC - NOAA.

 

Na figura 2, apresenta-se uma imagem de satélite, produto denominado microfísica, onde podemos observar nuvens de desenvolvimento vertical (nuvens de convecção com partículas de gelo – cor vermelha) associadas à referida região depressionária e nebulosidade baixa (nuvens estratiformes com gotículas de água – cor creme). Os continentes apresentam uma cor lilás e o oceano uma cor azul.

Na figura 3, apresenta-se uma fotografia de granizo no solo na praça de Alvalade, concelho de Lisboa.

Na figura 4, apresenta-se uma imagem da localização de raios obtida da rede Europeia para a cooperação em detecção de trovoada (EUCLID) na qual Portugal se integra.

SC32.jpg

Fig.2 – Imagem de satélite do MSG-2, produto RGB - microphysics, para o dia 21 de março de 2016 às 12 UTC.

Fonte: EUMETSAT.

 

De um modo geral, em Portugal continental o céu apresentou períodos de muito nublado, ocorreram aguaceiros, pontualmente fortes, de granizo e acompanhados de trovoada em especial nas regiões Centro e Sul, e que poderão ter sido de neve acima de 1400 metros. O vento foi fraco a moderado do quadrante leste, rodando temporariamente para noroeste na faixa costeira ocidental. Ocorreu neblina ou nevoeiro matinal, em especial em alguns locais do interior. Registou-se uma pequena subida de temperatura, em especial da máxima, nas regiões do Norte e Centro.

SC33.jpgSC34.jpg

Fig.3 – Fotografia da praça de Alvalade coberta por granizo no dia             21 de março de 2016, concelho de Lisboa.

Fonte: Diário de Notícias (on-line), autor: desconhecido.

Fig.4 – Imagem da localização de raios (pontos a vermelho) no dia 21                 de março de 2016 às 14:30 CET.

Fonte: EUCLID.

Entrar


Esqueceu a sua senha?
Novo utilizador?